O que é catuaba, quais seus benefícios e efeitos colaterais?


O que é catuaba, quais seus benefícios e efeitos colaterais?

A floresta amazônica é o lar de inúmeras ervas medicinais e plantas como a catuaba, conhecida principalmente por suas habilidades afrodisíacas. A própria árvore produz flores amarelas e uma fruta não comestível, mas é a casca que é colhida por suas propriedades medicinais.

Essa planta também pode ser conhecida por outros nomes, como alecrim-do-campo, catuaba-verdadeira, catuabinha, catuíba, catuaba-pau, caramuru ou tatuaba. A catuaba pode ser encontrada na sua forma natural, em cápsulas, como bebida alcoólica ou até como catuaba em pó.

O que é catuaba?

catuaba

Catuaba vem de uma árvore conhecida cientificamente como Anemopaegma mirandum. De longe, o principal uso histórico de catuaba é como um afrodisíaco. Sua suposta qualidade afrodisíaca foi descoberta pelos índios Tupi no Brasil há vários séculos.

As gerações de brasileiros indígenas continuaram a usar cascas de catuaba ao longo dos anos e ela permaneceu como um dos afrodisíacos mais famosos e procurados da Amazônia. Além de ser usado como afrodisíaco, tem sido a também para estimular o sistema nervoso central, para acalmar os nervos e estimular a memória, entre outros usos que vamos conhecer.

Apesar desta longa história de uso, não há evidências científicas de que ela funciona como um afrodisíaco. Não só falta a pesquisa quanto aos seus benefícios afrodisíacos, mas também sobre os outros benefícios medicinais.

Catuaba para que serve?

A catuaba é usada para aumentar a excitação sexual e tratar problemas de desempenho sexual masculino. Também é usada para agitação, problemas para dormir relacionados à hipertensão arterial, nervosismo, depressão, fadiga mental e física contínua (neurastenia), problemas de memória ou esquecimento, câncer de pele e como um tônico.

Os constituintes ativos encontrados da catuaba incluem os seguintes: alcaloides, taninos, óleos aromáticos e resinas gordurosas, fitoesterois, ciclolignas, sequiterpenos e flavonoides. A combinação destes minerais fornece os benefícios relacionados à catuaba, embora pesquisas científicas limitadas apoiem essas reivindicações.

Catuaba é afrodisíaco?

catuaba

Para quem sofre de impotência sexual a catuaba está entre uma das plantas mais indicadas no tratamento, pois ajuda na circulação sanguínea dos vasos penianos.

Pesquisas feitas com a planta e usando modelos animais concluíram que a catuaba pode melhorar a força da ereção, dilatando os vasos sanguíneos, permitindo que mais sangue flua para o pênis. Observou-se que esta planta também torna o cérebro mais sensível à dopamina, o que torna o sexo mais prazeroso.

A verdade é que a catuaba é um estimulante do sistema nervoso central e, por sua vez, facilita a circulação sanguínea. Assim, o fluxo de sangue para a área genital, tanto masculina como feminina, é favorecida, e a excitação é facilitada em ambos os sexos e na ereção no caso dos homens.

Os benefícios da catuaba como afrodisíaco são reforçados pela sua capacidade de eliminar a fadiga física e mental. Portanto, do ponto de vista fisiológico, a catuaba ajuda a eliminar, embora temporariamente, uma grande parte dos pequenos distúrbios que podem interferir com o desejo e a excitação sexual. E se o problema é psicológico, a fama de catuaba pode também ter um placebo.

Propriedades medicinais da catuaba

Estudos até o momento deram a catuaba três poderosas propriedades medicinais, são elas:

  • – Propriedade afrodisíaca
  • – Propriedade tônica
  • – Propriedade estimulante energética

Essa propriedades podem ser percebidas nos primeiros usos da planta. Outras propriedades relacionadas à planta, mas sem comprovação estão suas supostas propriedades antidepressiva, antibacteriana e antiviral.

Benefícios da catuaba

catuaba

As propriedades medicinais da planta vão além dos estímulos sexuais e do cérebro. Do chá, você pode obter uma série de benefícios que irão agregar ao seu bem-estar e qualidade de vida. Consulte abaixo os principais benefícios do chá de catuaba.

Ação antidepressiva

Os tratamentos atuais mais comumente prescritos para a depressão são muitas vezes acompanhados de efeitos colaterais indesejados e muitas vezes extremamente desagradáveis. Ao mesmo tempo podem ser ineficazes para uma grande porcentagem das pessoas que usam-nos.

Por esse motivo, é certamente desejável encontrar um remédio natural seguro para a depressão. Houve algumas pesquisas realizadas que sugerem que a catuaba pode ser um tratamento potencial para os sintomas debilitantes da depressão.

Um estudo publicado em 2005 foi realizado para analisar os efeitos antidepressivos do extrato de catuaba. O estudo realizado em camundongos. O mesmo concluiu que a planta forneceu provas convincentes de que certos compostos ativos na catuaba tinham efeitos semelhantes aos antidepressivos. Os pesquisadores concluíram que os constituintes purificados da casca eram de potencial interesse futuro para transtornos depressivos.

Ação anti-inflamatória

Um estudo de 2004 descobriu que catuaba inibiu totalmente a atividade de uma substância que está envolvida na resposta da inflamação. Níveis elevados desta substância estão presentes em pessoas com doença de Alzheimer.

Ação antimicrobiana

Um estudo realizado em 1992 com ratos mostrou que os alcaloides presentes na catuaba tiveram um forte efeito protetor antimicrobiano. Os ratos receberam doses letais de infecções oportunistas de E. Coli e Staphylococcus aureus que podem afetar pacientes com HIV. O extrato de catuaba inibiu as infecções de se espalharem para as células e protegeu efetivamente contra as infecções. Os pesquisadores concluíram que a catuaba pode ser uma potencial arma contra infecções oportunistas para pacientes com HIV.

Reduz o estresse oxidativo

Em um estudo realizado em 2012, os pesquisadores relataram que a catuaba pode ajudar a prevenir a isquemia. Estritamente associada ao AVC, a isquemia é uma condição caracterizada por fluxo sanguíneo inadequado para o cérebro.

Em um experimento com amostras de tecido cerebral de ratos, os autores do estudo descobriram que os antioxidantes da catauba previnem a isquemia, através da redução do estresse oxidativo.

Combate a doença de Parkinson

A catuaba mostrou ser promissora no tratamento da doença de Parkinson, o que sugere um estudo preliminar publicado em 2008. No estudo, os testes foram realizados em células humanas mostrando que catuaba pode ajudar a combater a doença de Parkinson, ajudando na proteção contra degeneração de certas células nervosas.

Tem efeito estimulante

Algumas ervas terapêuticas têm propriedades naturais para melhorar o humor, a catuaba é uma delas. Um estudo examinou o efeito da catuaba sobre o humor e descobriu que é muito eficaz na promoção do bem-estar geral, enquanto estimula a acuidade mental e a memória. As mulheres que sofrem de síndrome pré-menstrual também podem se beneficiarem muito com o uso dessa planta para melhorar os efeitos desse período.

Benefícios para a saúde do coração

A catuaba também pode ter benefícios para a saúde cardiovascular, atuando como um tônico para este importante órgão. Além disso, age como vasodilatadora e vasorelaxante, o que contribui para uma eficiente circulação sanguínea e, com isso, também ajuda a reduzir a pressão arterial elevada, que é um dos principais fatores de risco para problemas do coração como ataque cardíaco e AVC.

Chá de catuaba

O chá de catuaba é bem simples de fazer, veja abaixo a receita:

catuaba

Ingredientes

  • – 1 litro de água
  • – 1 colher de sopa de cascas de catuaba

Modo de preparo

Em uma panela, coloque os ingredientes e leve ao fogo. Depois de começar a ebulição, aguarde dez minutos e desligue o fogo. Deixe a infusão descansar por mais dez minutos. Após, coe e mantenha o chá num recipiente de vidro e com tampa.

Como usar a catuaba?

Tome de duas a três xícaras de chá de catuaba ao dia. Ele pode ser consumido morno, em temperatura ambiente ou gelado. O melhor é preparar o chá diariamente para tomar, já que, com o passar do tempo, ele pode perder algumas de suas propriedades. É importante também mantê-lo armazenado corretamente.

Em relação as cápsulas de catuaba, comercialmente comercializadas, elas são de diferentes concentrações. Siga as instruções conforme indicado nas embalagens, podendo ser ingeridas até 2 gramas de catuaba por dia.

Catuaba contraindicações

Obviamente, como qualquer planta medicinal, antes do seu uso, devemos prestar atenção as contra-indicações e efeitos colaterais que mesma apresenta.

O seu consumo está contra-indicado para mulheres grávidas e em lactação e também em crianças pequenas. Por outro lado, é aconselhável que antes de usá-la, você consulte seu médico.

É também aconselhável interromper a ingestão da catuaba se você detectar sintomas de intolerância. Essa planta também não deve ser ingerida por pessoas com doenças específicas ou certas condições de saúde.

Catuaba efeitos colaterais

catuaba

A catuaba pode causar alguns efeitos colaterais indesejáveis, principalmente em pessoas mais sensíveis aos seus compostos. Seus efeitos colaterais são:

Dores de cabeça e tonturas

Como a catuaba afeta diretamente o sistema nervoso central, é comum que os usuários experimentem dores de cabeça ou tonturas após o início do tratamento. Tal como acontece com a maioria dos suplementos que afetam diretamente o cérebro e a medula espinhal, os usuários de catuaba também podem experimentar episódios de tonturas, confusão e dificuldade em se concentrar.

Efeitos sexuais adversos

A catuaba é um suplemento à base de plantas que contém minerais e produtos químicos como taninos, alcaloides, óleos diversos e outros compostos utilizados no tratamento da disfunção sexual associada à impotência, especialmente nos homens. No entanto, como qualquer produto que promete ajudar a aumentar o desempenho sexual ou a libido, os usuários devem ser fortemente advertidos de que uma reação adversa pode ocorrer em alguns pacientes. Muitas vezes, essas reações negativas podem ter o efeito oposto esperado no desempenho sexual e na saúde sexual.

Outros efeitos

Enquanto as informações sobre os benefícios da catuaba são conhecidas no mundo da medicina alternativa, pesquisas sobre todos os possíveis efeitos colaterais e outras reações adversas como resultado do consumo da erva ainda são bastantes inconclusivas e carecem de mais estudos.

Outros efeitos colaterais observados em pacientes após tomar catuaba são irritação estomacal e espasmos musculares associados ao sistema nervoso.

Mais informações

Como com qualquer outro remédio natural, você deve ter muito cuidado para obter um produto de qualidade e confiável. Quem se interessou pelos benefícios da catuaba, antes de usá-la, é aconselhável procurar um profissional de saúde antes de iniciar o tratamento.

Este artigo te ajudou?

  • +1 curtiram
  • 0 não curtiram

  

Source link


Deixe um comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!